Projetos

Plano Nacional de Cinema

projeto_PlanoNacionalCinema

Plano Nacional de Cinema

O Clube de Cinema do Agrupamento de Escolas Soares Basto irá realizar sessões pedagógicas de cinema – Soares Basto Com Cinema, cuja temática dos filmes está relacionada com a indisciplina nas escolas. Pretende-se com estas sessões promover na comunidade educativa a reflexão sobre o referido tema.

No próximo dia 09 de maio pelas 14:15, no Auditório Bento Carqueja:

Astérix e Obélix Contra Cesar

Astérix e Obélix Contra César

Título: Astérix e Obélix Contre Cesar

Género: Comédia, Aventura

Realização: Claude Zidi

Argumento: Gérard Lauzier e Claude Zidi

Elenco: Christian Clavier; Gérard Depardieu; Roberto Benigni; Michel Galabru; Claude Piéplu; Daniel Prévost; Pierre Palmade; Laetitia Casta; Gottfried John.

Música: Jean-Jacques Goldman e Roland Romanelli

Tempo: 106 min.

Ano: 1999

País: França

Sinopse:

Astérix e Obélix contra César” é um filme francês de 1999, baseado na série de banda desenhada franco-belga Astérix, criada por de René Goscinny e Albert Uderzo. A ação do filme decorre no tempo do Império Romano, nomeadamente na Antiga província romana da Gália (atual França). Os Romanos conquistaram e dominaram quase todos os territórios da Europa Ocidental, Norte de África e Médio Oriente.

Toda a Gália estava ocupada pelos romanos… Toda? Não! Uma pequena aldeia de irredutíveis gauleses continua a resistir, ainda e sempre, ao invasor romano.

O governador romano Detritus tinha como missão obrigar os gauleses a pagar impostos ao imperador romano, Júlio César. Mas uma aldeia resiste ao pagamento dos impostos: a aldeia onde vivem Astérix e Obélix. Os soldados romanos que o tentavam fazer eram devolvidos em “velocidade expresso” pela força sobre-humana dos gauleses.

Detritus descobre que a força dos gauleses advém de uma poção mágica e pensa apoderar-se dela para tomar o lugar de César. Numa reunião de druidas, Detritus consegue raptar Panoramix, o druida da aldeia. Astérix e Obélix vão ao acampamento romano e conseguem libertar o druida e um outro prisioneiro, mas Panoramix já tinha sido obrigado a preparar a poção mágica para Detritus. Os romanos, com a poção mágica, preparam-se para arrasar a aldeia e o druida vai ter que criar uma nova e mais potente poção mágica. A festa vai começar…tanto mais que os gauleses descobrem que o prisioneiro libertado que trouxeram para a aldeia é nada mais nada menos que Júlio César.

Diante da situação, Panoramix, Obélix e Astérix recorrem a um druida bastante idoso que tem em seu poder leite de unicórnio de duas cabeças, com o poder de duplicar a pessoa que o beber, ou seja, caso alguém o beba será criado um “clone” da sua imagem. Porém, o druida só fornecerá o frasco se os três gauleses responderem a 3 enigmas. Depois de alcançarem tal façanha o druida permitiu-lhes que levassem o frasco com o leite de unicórnio.

Astérix e Obélix tomam a poção enriquecida e diante de seus olhos vêm surgir dezenas de pessoas iguais a eles que posteriormente derrotam o exército romano e consequentemente Detritus. Os gauleses devolvem o poder a César e este isenta-os dos impostos.